Bem-Estar Corporativo

Gestão de benefícios corporativos: simplifique o processo na sua empresa

2 de jun. de 2023
Última alteração 23 de jan. de 2024

O mundo dos negócios anda complicado. Por mais que a pandemia já não esteja tão presente nos assuntos diários, seus reflexos continuam aparecendo no sobe e desce das projeções de inflação para os próximos anos no Brasil. Além disso, a aceleração das transformações nos modelos de trabalho gera novas expectativas e divide as opiniões no pós-pandemia.

Só para você ter uma ideia, estudos recentes apontam que 52% da população brasileira querem manter o trabalho remoto ou híbrido, enquanto 45% preferem o presencial. As coisas já vêm se complicando há algum tempo e o cenário ainda é de incertezas. Mas tem algo que você pode fazer na sua empresa para lidar melhor com tudo isso: promover o bem-estar de seus colaboradores, com uma boa gestão de benefícios.

Os benefícios corporativos são fatores importantes para a aquisição, o engajamento e a retenção de talentos. Segundo uma pesquisa de tendências para 2023, esse tipo de vantagem está entre os principais motivos para que 62% dos funcionários de empresas com mais de 100 pessoas prefiram manter o emprego.

Então, que tal fazer com que seus colaboradores se sintam valorizados de um modo que também faz bem para a empresa? Entenda como você pode aprimorar a gestão de benefícios com soluções simples e atraentes.

Guia definitivo de RH.png

O que é gestão de benefícios?

É o processo de criar, administrar e manter atualizados os programas de benefícios de uma empresa. Costuma ser uma atribuição do departamento de Recursos Humanos (RH), que assume esse papel de entender a importância de fornecer benefícios aos colaboradores, elaborar estratégias eficientes, estimular e monitorar a adesão aos pacotes, entre outros aspectos.

Quais são os principais tipos de benefícios?

É muito importante saber sobre gestão de benefícios, mas quais são, de fato, os benefícios que o RH costuma administrar? Confira alguns exemplos de benefícios que a sua empresa pode oferecer para promover o bem-estar e aumentar a satisfação dos colaboradores:

  • Plano de saúde. Após a COVID-19, o plano de saúde é um dos benefícios mais valorizados pelos colaboradores, que querem ter a segurança de que vão receber assistência médica quando necessário, fazendo com que se sintam cuidados pela empresa. O pacote também pode ter uma cobertura mais abrangente, por exemplo, combinado a um plano de assistência odontológica para talvez posicionar melhor a empresa diante da concorrência.
  • Planos de previdência privada. A ideia de poder desfrutar de uma nova fase da vida com tranquilidade financeira é um grande chamariz para benefícios desse tipo. As pessoas querem receber o que merecem após décadas de dedicação, mas nem sempre é fácil poupar para a aposentadoria. Assim, um programa fornecido pela empresa estimula a manter as contribuições em dia e ainda pode evitar a rotatividade de pessoal.
  • Trabalho remoto e horários flexíveis. No cenário pós-pandêmico e com uma força de trabalho cada vez mais formada pelas novas gerações, a maneira como os colaboradores encaram o trabalho tem mudado drasticamente. Hoje em dia, a grande maioria dos profissionais valoriza empresas que oferecem pelo menos a opção de trabalho remoto (ou híbrido) e flexibilidade de horários.
  • Programas de bem-estar. Os pacotes de benefícios com programas voltados ao bem-estar dos colaboradores podem ser flexíveis, com acesso a academias, aplicativos com treinos e sessões de meditação online, entre opções que também incluem os cuidados com a saúde mental. Isso é um incentivo para que a equipe de sua empresa se sinta acolhida e entusiasmada.

Vale ressaltar que o bem-estar é uma questão cada vez mais importante no meio empresarial. Em uma pesquisa conduzida pela Microsoft em 31 países, o Brasil teve a maior porcentagem de pessoas que afirmam priorizar o bem-estar, com 71% declarando que essa preocupação se tornou maior do que antes da pandemia.

Dicas para um bom controle de benefícios

Como vimos, os benefícios importam, mas como gerenciar tudo isso? Com o crescimento da sua empresa e com a valorização cada vez maior dos benefícios por parte dos colaboradores, algumas práticas recomendadas podem simplificar esse processo e você pode se concentrar no bem-estar da sua equipe:

Defina quais benefícios oferecer

Antes de qualquer coisa, é importante definir quais benefícios oferecer. Nós apresentamos algumas informações gerais sobre os benefícios corporativos mais desejados, mas, no fim das contas, o mais importante é pensar naqueles que podem gerar mais valor para a sua empresa. 

Vale lembrar que, assim como um ambiente de trabalho não é igual ao outro, cada pacote de benefícios tem suas particularidades. Essa escolha deve levar em conta a cultura da empresa, tomando por base questões como: 

  • Que tipo de benefício teria mais valor para os seus colaboradores?
  • Quais pacotes de benefícios estão mais alinhados aos objetivos da empresa?

Além disso, é sempre importante lembrar que, no Brasil, o pacote de benefícios das empresas também deve atender aos requisitos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Demonstre o valor dos benefícios

Depois de escolher os benefícios, é hora mostrar a todos as razões pela sua escolha. Você estudou, analisou e selecionou com cuidado os benefícios mais alinhados aos objetivos da empresa e que trarão mais valor para os colaboradores. Muito bem! No entanto, pode ser que seus colaboradores não vejam esse valor de imediato. Por isso, é fundamental demonstrar o valor do seu pacote de benefícios para que os colaboradores tirem o melhor proveito dele.

Para isso, um bom ponto de partida pode ser anunciar os benefícios por meio de palestras, treinamentos e documentos, para que os colaboradores saibam a quais benefícios têm acesso, como aderir a eles e os prazos, se houver.

Mensure o impacto do pacote de benefícios

Você chegou ao pacote de benefícios perfeito, implementou todos e comprovou o valor deles para os seus colaboradores. Mas a pergunta que não cala é: será que eles alcançaram os objetivos que você desejava? A ideia de ter um pacote de benefícios é alavancar o bem-estar, o engajamento, a retenção de colaboradores e todas as outras vantagens que eles trazem. Como saber se, na sua empresa, tudo isso está acontecendo?

É importante mensurar o impacto. Veja algumas formas de fazer isso:

  • Identifique quantos colaboradores aderiram e de fato tiram proveito dos benefícios que a empresa oferece. Afinal, muito do sucesso dos seus programas tem grande relação com a quantidade de pessoas que veem o valor dos benefícios corporativos. Para aprimorar ainda mais seu pacote, é importante saber quantas pessoas de fato utilizam os serviços.
  • Peça opinião aos colaboradores. Eles conhecem os benefícios na prática. Não deixe de pedir feedback. Uma maneira de fazer isso é através de uma pesquisa de satisfação para coletar opiniões anônimas e refinar sua oferta de benefícios.

Pense em novas possibilidades

O ambiente de trabalho não é algo estático. Basta perguntar a uma pessoa que precisou gerenciar benefícios durante a pandemia de COVID-19. Por isso, é importante ficar por dentro das novidades em benefícios que atendem ao novo estilo de vida dos colaboradores e à modernização dos modelos de trabalho. Siga avaliando novas ofertas à medida que você cria e aprimora os pacotes de benefícios da empresa.

Moral da história

No fim das contas, gestão de benefícios é, basicamente, garantir que a empresa ofereça aos colaboradores os benefícios de que precisam, que gerem valor, e comunicar com clareza como aproveitá-los. A sorte é que você não está só nessa missão: você podeconversar com um especialista em bem-estar do Wellhub hoje mesmo para ajudar a desenvolver o melhor programa de benefícios para a sua empresa.

CTA_BR_1.png

Referências


Compartilhe


Wellhub Editorial Team

A Equipe Editorial do Wellhub traz aos líderes de RH as informações necessárias para promover o bem-estar dos colaboradores. Em um cenário profissional em rápida evolução, nossas pesquisas, análises de tendências e guias práticos são ferramentas importantes para levar cada vez mais satisfação e saúde ao ambiente de trabalho.